Verônica Vaz 

Artistas em Residência
01.06.2019 - 30.06.2019

Natural de Pelotas (RS), vive e trabalha em Porto Alegre (RS). É Bacharela em Publicidade e Propaganda pela ESPM-RS. Atualmente é pós-graduanda em “Práticas Curatoriais” pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Porto Alegre. É uma artista multidisciplinar que também já desenvolveu curadorias e acompanhamento de artistas. Também foi educadora da Bienal do Mercosul e assistente de curadoria do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli e do MAC-RS.

Seu trabalho se desenvolve principalmente nos suportes da arte performática por meio de fotografias, vídeos, registros e ações presenciais. Sua produção é marcada por questões auto-biográficas que exploram o universo feminista em co-relação com as geografias dos espaços que visita e viaja a trabalho. Suas obras são contextuais e surgem da experiência real decorrente desses deslocamentos. A geografia dos espaços, as questões culturais dos diferentes países que percorre em residências e viagens influenciam seu olhar acerca do mundo, da arte, e das questões inerentes ao universo feminino.

Durante o período de sua residência na Despina, a artista pretende desenvolver uma pesquisa que tem como norte a patologia da Endometriose, uma doença iminentemente feminina da qual é portadora. Verônica irá investigar os estágios da doença em seu próprio corpo, os focos deixados por ela em sua memória corporal, as consequências físicas e psicológicas de conviver com essa patologia sem cura, cujo tratamento é extremamente evasivo e agressivo. Muitas mulheres sofrem com essa doença, mas muito pouco se ouve falar sobre ela e suas consequências, que compreendem dificuldades de engravidar (ou até mesmo inviabilização da gravidez), além da convivência com dores e cólicas muitas vezes insuportáveis.

Exposições individuais
Os Azuis de Verônica na Sala de Exposições Angelita Stefani, na Universidade Franciscana, Santa Maria/RS, Brasil [2018]; A Little White Chapel, no Centro Histórico-Cultural Santa Casa, Porto Alegre/RS, Brasil [2019].

Exposições coletivas
Graças às Deusas na Perestroika e Plataforma Artkin, Porto Alegre/RS, Brasil [2019]; II Pega no Centro Municipal Hélio Oiticica, Rio de Janeiro/RJ, Brasil [2018]; Placentária no Museu de Arte Contemporânea do RS, Porto Alegre/RS, Brasil [2018]; Água Essência da Vida no Palácio do Ministério Público do RS, Porto Alegre/RS, Brasil [2018]; Mestre Reinventados na Galeria de Arte do DMAE, Porto Alegre/RS, Brasil [2018]; Bienal Internacional de Performance, Bogotá, Colombia [2018-19]

Residências artísticas
Afecto Societal, Curatoria Forense, Guanajuato, México [2018]; Acción/Transacción, Curatoria Forense, Buenos Aires, Argentina [2018]; ECO residência de arte sonora, Casero Residência, Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro, Brasil [2018]

Mais informações
Facebook: veronicapvaz
Website: http://www.veronicavaz.com
Instagram: @veronicavaz

Galeria de Fotos
em breve