Despina

Despina é uma associação cultural sem fins lucrativos cuja missão é criar uma plataforma vibrante e inovadora para o desenvolvimento da produção artística, do intercâmbio cultural, do pensamento crítico e de colaborações no campo da arte contemporânea.

Despina é responsável pela gestão conceitual e operacional dos projetos em curso no Largo das Artes, um espaço cultural  localizado no centro histórico do Rio de Janeiro. Estes projetos compreendem um programa de residências artísticas, exposições e cursos. Além disso, diversos ateliês são ocupados por artistas e pesquisadores associados. 

Os projetos desenvolvidos pela Despina são concebidos a partir das seguintes propostas de ação:

– criar espaços dinâmicos para a produção e exibição de arte contemporânea

– encorajar o desenvolvimento de artistas por meio de um programa de residências com foco no processo

– facilitar a experimentação e o desenvolvimento de práticas artísticas através do diálogo entre artistas e culturas

– ampliar o acesso à arte contemporânea e instigar o desenvolvimento de um pensamento crítico

– contribuir para a revitalização urbana e cultural do centro histórico do Rio de Janeiro.

Despina é uma das cidades imaginadas por Ítalo Calvino na sua obra “As Cidades Invisíveis”, publicada originalmente em 1972. Neste livro, o autor italiano descreve uma cidade que se apresenta diferente para quem chega por terra ou pelo mar, sugerindo uma reflexão sobre a contradição e a dualidade do espírito humano, bem como a diversidade de perspectivas que um único objeto pode proporcionar.