thumb_oficinaretro_queer3

Oficina gratuita – Retrofuturismo Queer

Acontece
Quinta, 21.06.2018

Inscrições abertas!

Arte e Ativismo na América Latina – ano III (2018)

Artista proponente: Felipe Rivas San Martín (selecionado para a 3ª edição do projeto Arte e Ativismo na América Latina, atualmente em residência na Despina)

Esta oficina tem como proposta uma viagem no tempo. A ideia é construir um fórum coletivo de discussão e ativação político-afetiva em torno da temporalidade do ativismo das dissidências sexuais e de gênero. Vamos rever e discutir os principais debates sobre dissidência sexual, teoria queer e tempo. Também serão abordadas nossas memórias queer que cruzam biografia pessoal (micro) com contextos sociais (macro), além do passado sexual de resistência latino-americana, que hoje se tornou mais visível graças ao boom dos arquivos de arte.

Vamos refletir sobre o ativismo como uma atividade humana que habita a urgência do presente, mas que também é afetado pelo passado e um futuro possível. Questões a serem levantadas: os dissidentes sexuais e de gênero têm futuro? Ou melhor, o futuro é heterossexual? O futuro será queer, uma utopia queer ou uma distopia político-sexual?

Neste âmbito, o objetivo da oficina é propor uma metodologia retrofuturista, com base na revisão de arquivos do passado e acontecimentos do presente, convidando todos os participantes a produzirem materiais (textos ou imagens) que projetem as dominações, lutas, conquistas e resistências sexuais-dissidentes do futuro.

***

Sobre o artista proponente

Felipe Rivas San Martín (www.feliperivas.com) é um artista e ativista chileno, que vive e trabalha em Valência, Espanha, onde atualmente é bolsista de doutorado na Comissão Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, CONICYT, da Universidade Politécnica de Valência (UPV). É mestre em Artes Visuais pela Universidade do Chile. Sua produção artística compreende pintura, desenho, performance e vídeo em confluência com a imagem tecnológica (interfaces virtuais, codecs digitais). É co-fundador do Coletivo Universitário de Dissidência Sexual, CUDS, plataforma de ativismo que participa desde 2002. Dirigiu as revistas de crítica e cultura queer “Torcida” (2005) e Disidenciasexual.cl (2009). Rivas vincula ativismo e produção artística com pesquisa, texto e curadoria relacionados à arte, política e tecnologias, teoria queer, pós-feminismo e performatividade.

***

Serviço
O quê: Oficina gratuita – “Retrofuturismo Queer”
Ministrado por: Felipe Rivas San Martín
Onde: Despina (Rua do Senado, 271 – Centro)
Quando: Quinta-feira, 21 de junho
Horário: das 18:30 às 22:00
Vagas: 15
Público-alvo: artistas, ativistas ou pesquisadores, dissidentes sexuais e de gênero.
Como se inscrever: enviar até o dia 15 de junho um email para arteativismo@despina.org com o título “Oficina Retrofuturismo Queer” + nome completo + telefone de contato + uma breve carta de apresentação indicando as suas motivações em participar desta oficina. Selecionadxs serão informadxs por email.