Natureza Morte Eflyer

NATUREZA MORTA

Exposição
18.06.2015 - 03.07.2015

A fim de explorar a flora urbana da cidade do Rio de Janeiro, as artistas Ines Linke e Louise Ganz fizeram coletas de capins, matos, ervas em diversos locais e pontos, como terrenos baldios, calçadas, beiras de estradas, margens da praia, morros, canais e muros. Essas coletas foram levadas para floristas profissionais para confeccionarem arranjos.

Capins, ervas daninhas, matos, pragas – são todas designações daquilo que é considerado o mais vulgar e ordinário dentre os vegetais. A coleta de tais plantas na área urbana constitui um arquivo da vegetação incidental, de resistência, convívio ou imposição. Já o arranjo floral é símbolo de luxo, riqueza e festejos, principalmente porque agrega usualmente em sua feitura flores e plantas de alto valor no mercado, como plantas raras ou exóticas.

Neste projeto, contemplado pelo Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais – 2ª edição, os trajetos foram guiados pelas grandes avenidas, como a Avenida Brasil, e diversas coletas ocorreram nas zonas norte e oeste da cidade, em bairros como Ramos, Penha, Madureira, Irajá, Deodoro, Realengo, Acarí, dentre outros.

Thislandyourland é uma parceria iniciada em 2010 entre as artistas Louise Ganz e Ines Linke, que desenvolvem trabalhos que relacionam arte, natureza e cidade. Em seus projetos, elas realizam imagens e ações que investigam questões do uso e do acesso à terra, através de proposições em diversas mídias. A dupla de artistas expõe pela primeira vez no Rio de Janeiro.

Nesta primeira experiência em terras cariocas, foram exibidos um vídeo e uma instalação sonora, além de oito fotografias de arranjos confeccionados por floristas cariocas.


Sobre Thislandyourland

Ines Linke e Louise Ganz iniciaram parceria em 2007, e formaram o grupo Thislandyourland onde desenvolvem trabalhos em diversas mídias que relacionam arte, natureza e cidade. Em seus projetos, elas realizam imagens e ações que investigam questões do uso e do acesso à terra, assim como modos de vida e ocupação do espaço.

Entre suas exposições e projetos recentes estão: Domínio Privado, Utopiana Residence, Genebra, 2014; Bicicletas Ambiente: economias de quintal (pesquisa, ações e publicação de livro), Belo Horizonte, 2013; Cozinhas Temporárias: pelos quintais do Jardim Canadá (pesquisa, ações e publicação de livro), prêmio Residência Artística Ja.Ca Nova Lima, 2012/2013; Clareiras, prêmio Funarte Microprojetos Rio São Francisco, Rio Acima, MG (2013); exposição Outros Lugares, onde desenvolveram durante todo o ano a obra-espaço Museu Campestre e obras para o Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte (2012); Área a Construir, evento Noite Branca, no Parque Municipal e Palácio das Artes, Belo Horizonte (2012); Expedição na Bahia, prêmio da 8a. Edição Rede Nacional Funarte Artes Visuais (2011/2012); BikeFoods, menção honrosa na exposição Esculturas Urbanas, São Paulo (2011); Muro Jardim, prêmio Muros: Territórios Compartilhados, Belo Horizonte (2011); Praia Atlântico Clube e Como Pular a Cerca, curtas-metragens produzidos com o prêmio Matizar, Rio de Janeiro (2010); Praia, Tirana International Contemporary Art Biannual, na Albânia (2009); exposição Percursos, Palácio das Artes, Belo Horizonte (2007); Metros Quadrados, documentário realizado com o prêmio DOCTV 3 (2006).


Sobre as artistas

INES LINKE nasceu na Alemanha e vive no Brasil desde 1996. É artista plástica e cenógrafa, doutora pela Escola de Belas Artes da UFMG. Professora da Escola de Belas Artes – UFBA.

LOUISE GANZ nasceu em Belo Horizonte, onde vive e trabalha. É artista plástica, arquiteta, doutora pela Escola de Belas Artes da UFRJ. Professora do curso de Artes Plásticas da Escola Guignard – UEMG.


Galeria de fotos