índice

Da urgência de cada um

Exposição
14.04.2016 - 06.05.2016

“Da urgência de cada um” é uma exposição que reúne alguns alunos-artistas integrantes do programa Práticas Artísticas Contemporâneas (PAC) e do curso Circuito Aberto e Fechado que ministramos naEscola de Artes Visuais do Parque Lage; e que em certo sentido já tinham um trabalho de arte consolidado e/ou foram encontrando seus rumos ao longo dos encontros.

É importante destacar que o exercício de curadoria neste caso é ligeiramente mais amplo, pois não se trata da construção de uma teoria específica, de uma provocação para a história da arte e nem mesmo um simples exercício de expor trabalhos desejados de artistas específicos. Em certo sentido, não são trabalhos fechados; e exatamente por isto, também não caberia a utópica proposta de uma curadoria hermética. De qualquer forma, há o interesse claro de que provoquemos uma atmosfera de pensamento que nasça do entrecruzamento dos trabalhos e dos desejos expostos.

Talvez esta pseudo-curadoria se coloque como um acompanhamento de processos em desenvolvimento na fatídica busca de algo que seja próximo de uma poética pessoal e coletiva. Ao longo da exposição são previstos dois encontros com todos os envolvidos no projeto, para que possam junto ao público interessado, discutir as poéticas adotadas e a exposição compreendida como um trabalho em conjunto, da mesma forma que seu resultado em andamento, além de outros assuntos que eventualmente revelem-se pertinentes.

O título nasce de uma obviedade: a situação urgente. Não apenas a que nos envolve todos os dias. Mas aquela íntima, subjetiva e que vagarosamente parece ganhar força ao longo do tempo. Talvez tenhamos querido pensar visualmente em que medida a urgência de cada um é capaz de problematizar, potencializar e/ou revelar-se com um germe daquilo que recebemos como uma enxurrada de informações desencontradas e não necessariamente somos capazes de decifrar. A política aqui é compreendida de modo espraiado, ampliado e profuso. Como um eixo de desejo que nos atravessa, nos congrega, nos aparta, nos seduz e no mesmo movimento, provoca repulsa.

A parceria com a Despina | Largo da Artes surge em virtude de consideramos este espaço, o lugar ideal para tal projeto, já que se trata de um importante centro cultural que abriga uma produção jovem a partir de mostras e projetos de residências artísticas; e que vem se estabelecendo como um espaço profícuo para a reflexão da produção contemporânea.

Alexandre Sá & João Modé
curadores

Artistas
Aline “Baiana” Cavalcanti
Ana Beatriz Souza
Dani Soter
Daniel Santiso
Fernando Schubach
Gabriel Moraes
Guerreiro do Divino Amor
Gustavo Duarte
Lôu Caldeira
Lyz Parayzo
Maria Isabel Iorio
Mauro Santa Cecília
Pedro Paulo Honorato
Tamara Ganem
Vinicius Monte

Crédito da imagem
Pedro Paulo Honorato
Concha, 2016